19:27 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio

    EUA evitam 3 tiroteios potenciais que poderiam provocar múltiplas vítimas

    © REUTERS / Jeenah Moon
    Américas
    URL curta
    271
    Nos siga no

    As autoridades norte-americanas detiveram em várias partes do país três pessoas que poderiam realizar tiroteios com múltiplas vítimas.

    Segundo informa o canal CNN se referindo à polícia e ao Departamento Federal de Investigação, no estado de Connecticut foi detido um jovem de 22 anos, Brandon Wagshol. Ele foi preso após ter publicado na sua página do Facebook um post com intenção de realizar um tiroteio. Ele tentou encomendar um carregador para fuzil de grande capacidade e construir um fuzil próprio.

    A polícia também informou que, na casa de Wagshol, foram encontrados vários tipos de armas, incluindo uma pistola, um fuzil, um aparelho de pontaria a laser, uma grande quantidade de cartuchos, um colete a prova de balas, um capacete balístico e outro equipamento.

    O jovem foi acusado de posse ilegal de carregadores de grande capacidade e deve comparecer no tribunal em 6 de setembro, já que foi posto em liberdade sob fiança.

    ​A polícia também deteve outro homem, Tristan Scott Wix, de 25 anos, no estado da Flórida. Ele enviou a sua ex-namorada várias mensagens ameaçando abrir fogo sobre a multidão e matar a tiro ao menos 100 pessoas.

    Wix disse que o mais fácil seria fazer isso em uma escola.

    Sua ex-namorada informou as forças de segurança. Na casa do homem, a polícia encontrou uma espingarda de calibre 22 e 400 cartuchos.

    O terceiro homem é acusado de ameaça de tiroteio na Organização Judaica em Ohio. A polícia identificou um vídeo insólito no Instagram postado por James Patrick Reardon, de 20 anos.

    ​No vídeo alguém atirava de espingarda, e o centro comunitário judaico estava na descrição do vídeo. Toda a página estava repleta de comentários antissemitas, conteúdo agressivo e imagens de Reardon e outros atirando de pistolas.

    Após a busca, que revelou um estoque de armas e munições, ele foi preso e acusado de comportamento agressivo e ameaças na Internet.

    Vigília pelas vítimas do tiroteio em El Paso
    © AP Photo / John Locher
    Vigília pelas vítimas do tiroteio em El Paso

    Estas prisões foram realizadas poucas semanas após diversos tiroteios terem ocorrido em várias partes dos EUA. O maior deles, na cidade de El-Paso, levou as vidas de 22 pessoas. O criminoso foi preso e acusado de terrorismo doméstico

    Mais:

    Festa nos EUA acaba em tiroteio com 1 morto e 9 feridos (VÍDEO)
    Quatro tiroteios em questão de dias: marcas de sofrimento nos EUA
    Massacre em El Paso é ato de terrorismo contra mexicanos nos EUA, diz chanceler
    Ataque a tiros que matou 20 em El Paso será investigado como terrorismo doméstico
    Tags:
    El Paso, tiroteio, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar