20:59 01 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    111
    Nos siga no

    Ex-presidente argentino Fernando de la Rúa morre aos 81 anos nesta segunda-feira (9) após hospitalização em uma clínica de Buenos Aires por problemas cardíacos e renais.

    A informação foi confirmada pelo presidente argentino, Mauricio Macri, que através de sua conta no Twitter lamentou a morte de Fernando de la Rúa.

    Lamento o falecimento do ex-presidente Fernando de la Rúa. Sua trajetória democrática merece o reconhecimento de todos os argentinos. Acompanhamos a família dele neste momento

    Pessoas próximas à família do ex-presidente indicaram que seu estado de saúde era "muito delicado". No início do ano, De la Rúa foi hospitalizado na emergência por um problema cardíaco e teve que se submeter a uma angioplastia e mais tarde foi colocado em coma induzido. Além disso, entre 1999 e 2001 o ex-presidente da Argentina sofreu de doença oncológica avançada.

    Fernando de la Rúa durante presidência

    De la Rúa foi eleito em dezembro de 1999 para um mandato de quatro anos. Durante seu governo a Argentina sofreu uma grave crise econômica. Em dezembro de 2001, o governo de Fernando de la Rúa impôs o chamado "corralito bancário", para impedir a quebra do sistema financeiro ante uma corrida aos bancos.

    Isso causou grande convulsão social na Argentina, tornando-se uma medida impopular e não resolveu a crise econômica, mas teve somente efeitos ainda mais negativos. Em resultado do governo neoliberal Fernando de la Rúa teve de renunciar ao mandato.

    Mais:

    Cantora Miúcha morre aos 81 anos
    'Madrinha do samba' Beth Carvalho morre aos 72 anos
    Tags:
    Mauricio Macri, morre, Argentina, presidente
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar