11:09 23 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    5212
    Nos siga no

    A Comissão Nacional de Atividades Espaciais da Argentina (CONAE) propôs a Rússia para implantar instalações de seu sistema de posicionamento global Glonass no território do país sul-americano, disse em entrevista à Sputnik Mundo o chefe de cooperação espacial com a Rússia da CONAE, Stanislav Makarchuk.

    "Para funcionar bem, o sistema de navegação global requer suporte através de estações terrestres instaladas em todo o mundo, e achamos que é possível contribuir com o sistema Glonass instalando uma ou mais estações na Argentina para monitoramento e controle diferenciais do sistema", disse Makarchuk.

    Ele ressaltou que "a Rússia é um dos líderes na navegação por satélite".

    Não é só na Argentina que a Rússia hospeda seu sistema de navegação.
    O Brasil é o maior hospedeiro de Glonass fora da Rússia e já possui quatro estações. Duas na Universidade de Brasília (UnB), uma na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e outra no Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep).

    O Glonass surgiu em 1982 como estratégia militar para se contrapor ao GPS americano, padrão no mundo. Apesar da tecnologia já ter mais de 35 anos, só em 2013 é que foi instalada a primeira estação fora da Rússia.

    Mais:

    Concorrente do GPS: GLONASS russo conquista América Latina
    Rússia criará uma rede global de estações da GLONASS em mais de 30 países
    Glonass: nova base do GPS russo será inaugurada na região Norte do Brasil
    Tags:
    Argentina, Glonass
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar