13:11 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Argentina, Mauricio Macri, e o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em Brasília.

    Argentina em crise diminui 43,8% as importações do Brasil

    © AP Photo / Eraldo Peres
    Américas
    URL curta
    550
    Nos siga no

    A crise econômica afetou boa parte das importações feitas do Brasil no mês de abril, em relação ao mesmo período de 2018, com queda de 43,8%.

    O comércio com o Brasil também mostrou queda por parte das exportações da Argentina, uma diminuição de 2,9%.

    Segundo informações divulgadas nesta na quinta-feira (23), pelo Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec), a balança comercial da Argentina recuou em abril.

    A diferença entre importações e exportações recuou para US$ 1,131 bilhão em abril, tendo sido registrada em US$ 1,183 bilhão no mê anterior em 2019.

    A Argentina é historicamente um dos maiores parceiros comerciais do Brasil tanto no mundo quando na América do Sul.

    Segundo dados do governo, a Argentina fechou o ano de 2018 como o terceiro maior parceiro comercial brasileiro, atrás apenas de Estados Unidos e China.

    Mais:

    América Latina pode crescer, apesar da Argentina e do Brasil, diz economista
    Versão modernizada de aviões usados na Guerra das Malvinas chega à Argentina
    Argentina já passou pelo pior momento de sua crise, diz representante do FMI
    Gabinete do Presidente da Argentina é evacuado devido a ameaça de bomba
    Tags:
    balança comercial, Estados Unidos, China, Brasil, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar