23:06 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Um ativista em oposição ao envolvimento dos EUA na Venezuela que ocupa a embaixada venezuelana, senta-se em um peitoril da janela em Washington, EUA.

    Polícia dos EUA tenta desocupar embaixada da Venezuela ocupada por ativistas (VÍDEO)

    © REUTERS / Shannon Stapleton
    Américas
    URL curta
    0 22
    Nos siga no

    A polícia norte-americana chegou a entrar no prédio para desocupar a representação diplomática venezuelana em Washington, mas os ativistas conseguiram permanecer no prédio.

    Anteriormente, houve relatos de que ativistas estariam deixando o prédio voluntariamente. Agentes federais e da polícia de Washington chegaram a entrar na embaixada, mas não foram além do corredor.

    Após negociações, quatro ativistas permaneceram no prédio e apareceram na janela do segundo andar com cartazes com a frase "Golpe falhou!". A polícia, ao se retirar do local, fechou a entrada da embaixada e amarrou as maçanetas das portas com uma corda de plástico.

    Não há luz na embaixada desde meados da semana passada, a água foi desligada no fim de semana. Diplomatas venezuelanos deixaram a embaixada no final de abril a pedido das autoridades norte-americanas.

    Ativistas dizem que estão protegendo o prédio da apreensão ilegal por parte das autoridades dos EUA e dos partidários da oposição.

    O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, havia agradecido aos ativistas americanos anteriormente, expressando "profunda admiração" pela defesa da embaixada.

    Mais:

    EUA sancionam duas empresas e dois navios por ligações com a Venezuela
    Guaidó declara que poderia aceitar intervenção militar dos EUA na Venezuela
    Em meio a crise na Venezuela, EUA vão enviar navio hospitalar na região
    Ex-relator da ONU: Maduro poderia ser morto para EUA aumentarem pressão sobre Venezuela
    Tags:
    ocupação, embaixada, Juan Guaidó, Nicolás Maduro, Venezuela, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar