22:35 24 Maio 2019
Ouvir Rádio
    A aeronave da empresa American Airlines

    EUA proíbem companhias aéreas de sobrevoar espaço aéreo venezuelano

    © AFP 2019 / KAREN BLEIER
    Américas
    URL curta
    863

    A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) emitiu um alerta aos operadores aéreos dos EUA, proibindo voos abaixo de 8 km no espaço aéreo venezuelano e aconselha deixar o país em 48 horas.

    Em seu comunicado, a FAA justificou sua decisão com a "crescente instabilidade política e tensão" na Venezuela. A Administração Federal da Aviação dirigiu-se a todas as empresas, incluindo as que operam aeronaves particulares.

    ​"Todas as operações de voo no território e no espaço aéreo da Venezuela em altitudes abaixo de 22 mil pés [6.700 metros] pelos descritos no parágrafo A abaixo são proibidas até aviso do contrário, devido à crescente instabilidade política e tensões na Venezuela e ao risco inadvertido associado às operações de voo", informou a declaração.

    Mais:

    Bolsonaro: possibilidade da intervenção do Brasil na Venezuela 'é próxima de zero'
    Bolsonaro diz que decisão sobre intervenção na Venezuela é só dele, mas acaba desmentido por Maia
    Venezuela: Trump ameaça Cuba com embargo total por apoio; Maduro preparou fuga, diz Pompeo
    Tentativa de golpe é um ato de terrorismo, diz ministro da Defesa da Venezuela
    Crise na Venezuela: opositor Leopoldo López pede asilo na embaixada do Chile em Caracas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar