14:51 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Moradores se reúnem durante um apagão em Caracas, Venezuela.

    Venezuela prende 5 e pede extradição de outros 3 suspeitos por blecautes

    © REUTERS / Ivan Alvarado
    Américas
    URL curta
    0 91

    Autoridades venezuelanas prenderam 5 pessoas e tentaram extraditar outras 3 por acusações de sabotagem da rede elétrica venezuelana, que levou a blecautes a partir de 7 de março, segundo informou a Bloomberg, citando o ministro venezuelano da Informação, Jorge Rodriguez.

    Os supostos ataques às linhas de energia e aos transformadores da usina hidrelétrica de Guri levaram a maior parte do país à escuridão, interrompendo o fornecimento de alimentos, água potável, combustível e remédios.

    O governo da Venezuela identificou um total de 19 pessoas responsáveis ​​por 45 "ataques menores" à rede elétrica, incluindo a sabotagem direta da infraestrutura e a criação de incêndios florestais com o objetivo de danificar linhas de energia, disse Rodriguez em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (24).

    O ministro também acrescentou que o governo está próximo de "estabilizar permanentemente o serviço de eletricidade".

    "Este foi o ataque mais brutal e criminoso contra uma população", disse Rodriguez. "O governo de Maduro está enfrentando terroristas e os derrotando".

    A Venezuela também buscará assistência da Interpol para encontrar outros suspeitos que estariam na Colômbia, na Espanha e nos EUA, acrescentou o ministro.

    O líder da oposição, Juan Guaidó, utilizou a falta de energia para fins de agitação pública e derrubar o presidente legítimo venezuelano, Nicolás Maduro. O governo da Venezuela culpou a oposição e os EUA pelo ataque à hidrelétrica.

    Os EUA e seus aliados reconhecem Guaidó como o presidente interino da Venezuela, enquanto Rússia, China, Turquia e vários outros países continuam a reconhecer Maduro como o líder legítimo do país.

    Mais:

    Venezuela é capaz de enfrentar agressão externa, diz vice-ministro da Defesa da Rússia
    Historiador revela mecanismo comum da pressão norte-americana contra Venezuela e Cuba
    'Batam palmas': Rússia pede que EUA sigam 'longe do gatilho' por guerra na Venezuela
    EUA conclamam todos os países para impedirem acesso de aviões russos à Venezuela
    Tags:
    crise na venezuela, blecaute, Juan Guaidó, Jorge Rodriguez, Nicolás Maduro, Turquia, Venezuela, China, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar