09:10 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Placa de boas-vindas na província canadense do Quebec (arquivo)

    Marcha contra projeto de secularismo do governo de Quebec reúne multidão em Montreal

    CC BY 2.0 / meddygarnet
    Américas
    URL curta
    440

    Milhares de pessoas tomaram as ruas da cidade de Montreal, na província de Quebec, no Canadá, neste domingo, para protestar contra uma proposta de lei do governo regional que proíbe funcionários públicos de usar símbolos religiosos no trabalho, informou a mídia local.

    De acordo com o Journal de Montréal, a polêmica medida pretende proibir o uso do hijab islâmico, da cruz cristã e do dastaar sikh em prédios do funcionalismo público. Indignados com esse projeto, fiéis de diferentes religiões e simpatizantes decidiram protestar. 

    Embora a medida afete seguidores plurais, ela gerou uma indignação particular entre representantes da comunidade muçulmana e feministas, que viram na proposta uma forma de islamofobia e discriminação contra mulheres vestidas de hijab.

    Mais:

    Blogueiro é assassinado em Bangladesh por apelar ao secularismo
    Analistas comentam proibição de véu: 'Europa luta para lidar com regras da fé islâmica'
    Tags:
    protesto, manifestação, religião, secularismo, islamofobia, Montréal, Quebec, Canadá
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar