09:13 20 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Antonov An-124

    Fonte revela para que militares russos chegaram à Venezuela (FOTOS)

    © Sputnik / Vitaly Belousov
    Américas
    URL curta
    4112410

    No sábado (23), dois aviões russos chegaram ao Aeroporto Internacional Simón Bolívar, nos arredores de Caracas, com um grupo de militares russos, comunicou à Sputnik uma fonte diplomática em Caracas.

    Várias mídias brasileiras, entre elas O Globo e a Folha de São Paulo, informaram sobre o ocorrido sem dar mais detalhes além de que os aviões russos com militares e equipamentos chegaram à Venezuela e destacando que objetivos da visita "permanecem um mistério".

    A fonte assinalou que não há nada de misterioso nesse acontecimento, já que ele está diretamente ligado à realização de contratos que foram assinados vários anos atrás.

    "Chegaram para participar de consultas bilaterais", declarou o interlocutor da agência, respondendo à pergunta sobre a chegada de dois aviões com militares russos.

    ​"A Rússia [e a Venezuela] têm uma série de contratos que estão na etapa de concretização, inclusive os acordos sobre a cooperação técnico-militar", acrescentou ele.

    De acordo com as imagens, publicadas nas redes sociais, dois aviões pertencentes à Força Aérea da Rússia, um Antonov An-124 e uma aeronave de passageiros Ilyushin Il-62, pousaram no Aeroporto Internacional Simón Bolívar.

    Anteriormente, várias mídias venezuelanas, inclusive o canal NTN, comunicaram que dois aviões com 99 militares russos e 35 toneladas de carga útil a bordo, chegaram a Caracas. Mariani Mata, chefe do departamento da cooperação internacional e integração, Edgar Colina Reyes, chefe das forças especiais do país, bem como os funcionários da Embaixada russa em Caracas deram as boas vindas ao pessoal chegado.

    Mais:

    US$ 1 bilhão de ativos estatais da Venezuela caíram em contas da oposição, diz ministro
    Bolsonaro e Piñera descartam intervenção militar na Venezuela
    Venezuela repudia sanções dos EUA contra Bandes e 4 importantes bancos do país
    Trump cogita 'uso da força' e Rússia e China não devem interferir na Venezuela, diz Bolton
    Tags:
    militares russos, chegada, aviões, carga, contrato, Venezuela, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar