16:46 24 Março 2019
Ouvir Rádio
    Logótipo da empresa venezuelana PDVSA

    Guaidó diz ter assumido o controle sobre subsidiária americana da petroleira PDVSA

    © REUTERS / Carlos Jasso
    Américas
    URL curta
    18018

    O líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, afirmou assumiu o controle da CITGO, uma subsidiária da PDVSA, empresa estatal de energia do país latino-americano.

    "Eles [o governo venezuelano] queriam roubar tudo, mas nós temos controle sobre a CITGO e uma licença para continuar as atividades da empresa, o que economiza um ativo importante do Estado", escreveu Guaidó no Twitter.

    A declaração vem depois que o Departamento do Tesouro dos EUA prorrogou na quinta-feira a data de expiração da licença geral para a CITGO, cujos 49,9% foram prometidos por Caracas à gigante de energia Rosneft como garantia para um empréstimo de US$ 1,5 bilhão em 2016. De acordo com o Tesouro, a extensão permitiria à CITGO continuar suas atividades mas "proibia qualquer benefício de retornar ao regime ilegítimo de Maduro".

    Em janeiro, os Estados Unidos bloquearam US$ 7 bilhões em ativos da PDVSA em sua jurisdição e impuseram a proibição de acordos com a entidade como parte dos esforços para facilitar a transferência de energia.

    O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que ao bloquear os ativos da PDVSA, os Estados Unidos estavam cuidando do interesse do povo venezuelano. Caracas considerou ilegal a medida e acusou Washington de tentar colocar as mãos nas reservas de petróleo venezuelanas.

    Tags:
    Departamento do Tesouro dos EUA, Citgo, PDVSA, Rosneft, Juan Guaidó, Steven Mnuchin, Caracas, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar