22:10 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Armas de fogo de artilharia do exército saudita em direção às posições houthis da fronteira saudita com o Iêmen.

    Senador: EUA devem parar de vender armas aos sauditas que acabam nas mãos de terroristas

    © REUTERS / Faisal Al Nasser
    Américas
    URL curta
    251
    Nos siga no

    Os Estados Unidos devem deixar de fornecer à Arábia Saudita e aos Emirados Árabes Unidos armas que supostamente acabariam nas mãos de terroristas, informou o gabinete do senador norte-americano Chris Murphy em um comunicado de imprensa nesta terça-feira.

    "Na sequência de uma investigação da [rede americana de TV] CNN que descobriu que as armas dos EUA vendidas à Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos caíram nas mãos de terroristas ligados à Al-Qaeda, milícias Salafi e outras facções no Iêmen, o senador norte-americano Chris Murphy, membro do Comitê de Relações Exteriores do Senado dos Estados Unidos pediu aos EUA que ponham fim ao seu envolvimento na guerra civil no Iêmen", disse o comunicado.

    Murphy disse que o Congresso deveria aprovar imediatamente a resolução bipartidária dos Poderes de Guerra para tirar os Estados Unidos da guerra no Iêmen e parar de vender armas para ajudar a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos a continuar a perpetuar a guerra "desastrosa".

    O senador de Connecticut observou que a situação no Iêmen era previsível e a comparou com a do Afeganistão nos anos 80.

    Murphy também declarou que há vários anos, quando os Estados Unidos treinaram e equiparam rebeldes sírios, as armas caíram nas mãos de grupos extremistas sunitas.

    O Iêmen está em estado de conflito desde 2011, com o governo de Abd Rabuh Mansour Hadi combatendo o movimento rebelde Houthi. O governo é apoiado por uma coalizão liderada pela Arábia Saudita, que vem realizando ataques aéreos contra os houthis desde março de 2015.

    Mais:

    Coalizão liderada pela Arábia Saudita realiza ataques aéreos contra capital do Iêmen
    Especialistas pedem que ONU lembre o governo do Iêmen sobre corrupção
    EUA treinaram pilotos dos Emirados Árabes Unidos para ataques aéreos contra o Iêmen
    Tags:
    armas, terrorismo, guerra, houthis, Al-Qaeda, CNN, Abd Rabuh Mansour Hadi, Chris Murphy, Iêmen, Arábia Saudita, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar