13:31 21 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Bombeiros procuram vítimas depois do deslizamento de terra na periferia de El Choro, Bolívia, 2 de fevereiro de 2019

    Após morte de 16, 2º deslizamento de terra na Bolívia surge em VÍDEO

    © AP Photo / Juan Karita
    Américas
    URL curta
    202

    Dois deslizamentos de terra ocorreram no leste da Bolívia deixando ao menos 16 mortos, comunica o portal Razon.

    Relata-se que o primeiro deslizamento ocorreu no sábado (2) em uma estrada da cidade boliviana de Caranavi. Enquanto que no domingo (3) houve outra avalanche de terra no mesmo local.

    Veículos ficaram soterrados pela lama e outros arrastados pelo barranco de 200 metros que se formou. Devido ao transbordamento do rio local, milhares de pessoas foram evacuadas e casas foram inundadas, informa o site TRT.

    O ministro das Obras Públicas, Óscar Coca, comunicou que o novo desmoronamento atingiu pessoas "imprudentes" que estavam atravessando o local onde reformas estavam sendo realizadas após o primeiro deslizamento. Enquanto que o prefeito da cidade, Daniel Paucara, comunicou que as 16 vítimas foram do primeiro acidente.

    Dados sobre as consequências do segundo deslizamento estão sendo esclarecidos. ​

    O presidente da Bolívia, Evo Morales, expressou suas condolências pelo Twitter às famílias das vítimas e disse que as autoridades estão "prestando toda a assistência necessária".

    Muito triste pelo novo deslizamento de terra em Caranavi, que deixou mais vítimas no mesmo local do deslizamento de terra de sábado. Nossas condolências às famílias em luto. Estamos mobilizando toda a ajuda necessária em recursos humanos, maquinaria e alimentação para os irmãos yuguanos

    Mais:

    Bombeiros dizem que buscas em Brumadinho ainda não têm data para acabar
    Assista ao momento exato do rompimento da barragem em Brumadinho (VÍDEOS)
    Sputnik em Brumadinho: Uma cidade que se une pela dor (FOTOS, VÍDEO)
    Tragédia em Brumadinho chega a 110 mortos
    Tags:
    lama, mortos, deslizamentos de terra, Evo Morales, La Paz, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar