11:04 15 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, gesticula durante o evento de criação da Força Espacial dos EUA.

    'Não é hora de diálogo, é hora de ação', diz Mike Pence sobre a Venezuela

    © AP Photo / Evan Vucci
    Américas
    URL curta
    29429
    Nos siga no

    O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, disse durante discurso, nesta sexta-feira (1), que a atual situação na Venezuela requer mais ação e menos diálogo.

    "Essa não é a hora de diálogo, é hora da ação", disse Pence durante um encontro com exilados venezuelanos em Miami.

    Ele acrescentou que Washington está trabalhando em direção a uma "transição pacífica" no país sul-americano.

    A Venezuela vive uma crise política cuja pressão cresceu após o líder da oposição, Juan Guaidó, autoproclamar-se presidente interino do país, em 23 de janeiro.

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, reeleito em 2018, acusou os EUA de orquestrar um golpe contra seu governo após os norte-americanos, ao lado de alguns de seus aliados, como Argentina, Colômbia e Brasil, reconhecerem Guaidó como presidente interino.

    Por outro lado, México, Rússia, China, Turquia, Uruguai e outros países mantiveram apoio ao presidente Nicolás Maduro.

    Mais:

    'Maior perdedor será o povo' caso dinheiro da Venezuela fique nas mãos de Guaidó
    Itália diverge sobre posição e pode não reconhecer Guaidó na Venezuela
    Mourão diz que Brasil pode 'adotar pequenas sanções' à Venezuela
    Parlamento Europeu reconhece Juan Guaidó como 'presidente legítimo da Venezuela'
    Tags:
    crise na venezuela, Juan Guaidó, Mike Pence, Estados Unidos, Miami, Turquia, Uruguai, Venezuela, México, China, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar