03:49 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    A então ministra da Defesa da Austrália, Marise Payne, em visita ao Pentágono, em Washington, nos EUA, em setembro de 2017.

    Austrália reconhece Guaidó como presidente interino na Venezuela

    CC BY 2.0 / James N. Mattis
    Américas
    URL curta
    Crise política na Venezuela se agrava (163)
    724

    A Austrália reconheceu oficialmente na domingo (27) a autoproclamação de Juan Guaidó enquanto presidente interino da Venezuela até que novas eleições presidenciais sejam realizadas no país.

    A confirmação foi divulgada através de um comunicado oficial da ministra das Relações Exteriores da Austrália, Marise Payne.

    "A Austrália reconhece e apoia o presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, ao assumir a posição de presidente interino, de acordo com a constituição venezuelana e até que eleições sejam realizadas. A Austrália pede por uma transição para a democracia na Venezuela assim que possível", dizia o comunicado.

    A crise política na Venezuela se agravou nas últimas semanas. Após a autoproclamação de Juan Guaidó como presidente interino do país, na quarta-feira (23), diversos países da região passaram a reconhecê-lo como a maior autoridade venezuelana em detrimento do presidente Nicolás Maduro.

    Entre os países que já anunciaram apoio a Guaidó estão os Estados Unidos, o Brasil, o Chile e Argentina. Já Maduro segue sendo visto como presidente legítimo da Venezuela por países como a Rússia, a China, o Uruguai e Bolívia.

    Tema:
    Crise política na Venezuela se agrava (163)
    Tags:
    crise na venezuela, Marise Payne, Juan Guaidó, Chile, China, Rússia, Argentina, Estados Unidos, Venezuela, Bolívia, Uruguai, Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar