17:43 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1667
    Nos siga no

    O líder da Assembleia Nacional venezuelana, controlada pela oposição, Juan Guaido, foi solto após ter sido brevemente detido neste domingo (13).

    Uma mensagem publicada na conta oficial de Guaido no Twitter alegava que ele teria sido detido por agentes da inteligência venezuelana. A detenção aconteceu alguns dias após Guaido declarar-se presidente interino da Venezuela.

    O líder opositor foi detido enquanto estava na estrada, próximo a Caraballeda, na região da capital Caracas. Ele teria sido solto cerca de uma hora depois, conforme ele mesmo publicou no Twitter.

    ​A Assembleia Nacional venezuelana, única câmara do parlamento do país, não reconheceu a posse do segundo mandato do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Maduro venceu as eleições presidenciais em maio de 2018 e assumiu o segundo mandato na quinta-feira (10), em meio a críticas de países vizinhos.

    Mais:

    Diplomata indica 'única consequência' do não reconhecimento do novo mandato de Maduro
    EUA não reconhecem autoridade de Maduro na Venezuela
    Posse de Nicolás Maduro: 'Os inimigos da Venezuela foram derrotados'
    'Deixar de ir seria covardia', diz Gleisi Hoffmann sobre presença em posse de Maduro
    Tags:
    crise na venezuela, Assembleia Nacional da Venezuela, Nicolás Maduro, Juan Guaido, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar