18:13 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, assume seu segundo mandato

    Diplomata indica 'única consequência' do não reconhecimento do novo mandato de Maduro

    © REUTERS / Adriana Loureiro
    Américas
    URL curta
    Maduro é pela 2ª vez presidente da Venezuela (15)
    242714

    O não reconhecimento do novo mandato do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por vários países dificultará a busca de uma solução política no país, afirmou Vladimir Zaemsky, embaixador da Rússia na Venezuela.

    "Suponho que a única consequência de todos esses protestos dos EUA, do Grupo de Lima e da UE será, infelizmente, a diminuição das possibilidades de encontrar uma solução política", disse o embaixador em uma entrevista à Sputnik.

    Nesse contexto, Zaemsky destacou a postura do México que, segundo o embaixador, busca uma solução em vez de um confronto com Caracas.

    O diplomata duvida que a reação dos países da região e de vários outros em relação ao novo mandato de Maduro agrave a situação dentro do próprio país, bem como sua posição no palco mundial, porque os países que lançam críticas contra o governo venezuelano já haviam criticado as eleições presidenciais de 20 de maio.

    Em 10 de janeiro, Maduro assumiu o segundo mandato consecutivo como presidente venezuelano. O novo mandato de Maduro foi considerado ilegítimo pela Assembleia Nacional do país, por diversos países, nomeadamente pelo Grupo de Lima, exceto o México.

    Tema:
    Maduro é pela 2ª vez presidente da Venezuela (15)

    Mais:

    Maduro presta juramento e assume mandato de presidente da Venezuela até 2025
    Maduro: novo presidente do Parlamento venezuelano é agente dos EUA
    Tags:
    Nicolás Maduro, México, EUA, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar