14:06 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Exercícios militares na zona tropical do Chapare, no departamento de Cochabamba, Bolívia (imagem referencial)

    Exército da Bolívia demonstra potência militar com mísseis de fabricação própria

    © REUTERS / Freddy Zarco / Cortesia da Presidência boliviana
    Américas
    URL curta
    23467

    O Exército da Bolívia fez demonstrações de seu poder militar e da precisão de mísseis de produção própria durante exercícios militares com a participação do presidente boliviano Evo Morales, que assistiu ao evento, informa a agência ABI.

    A agência indica que Morales visitou 12 tendas instaladas para receber detalhes sobre as manobras a serem realizadas pelas autoridades militares.

    Durante os exercícios com uso de tanques e helicópteros, o Exército boliviano apresentou mísseis terra-terra B1-M1, produzidos pela Fábrica Nacional de Munições boliviana.

    Presidente Evo Morales participa da demonstração e manobras militares de Paucarpata III, evento que acontece no âmbito do 208º aniversário do Exército boliviano

    Este armamento foi construído com o apoio da Escola de Sargentos, assim como dos técnicos da Fábrica Nacional de Explosivos e profissionais da Escola Militar de Engenharia. O projeto de desenvolvimento de mísseis foi anunciado há cerca de três anos pelo Governo de Morales.

    Saudamos nossas Forças Armadas pelo trabalho e esforço demonstrado nas manobras militares de Paucarpata III, realizadas no município de Corocoro, La Paz. Aproximadamente 8.000 soldados do Exército demonstraram boa preparação e dedicação dos militares bolivianos

    Segundo a imprensa boliviana, o objetivo desses exercícios militares foi demonstrar que as Forças Armadas da Bolívia podem proteger territórios nacionais.

    Mais:

    Especialistas reconstroem provável cenário de naufrágio do submarino ARA San Juan
    EUA se preparam para listar a Venezuela como estado patrocinador do terrorismo, diz jornal
    Casa Branca fornecerá autoridade adicional às tropas na Fronteira EUA-México, diz jornal
    Tags:
    mísseis, exercício militar, Evo Morales, Bolívia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik