15:38 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Guarda Nacional da Venezuela na fronteira com a Colômbia

    Quase 50% dos venezuelanos que deixaram seu país estão na Colômbia

    © REUTERS / Carlos Eduardo Ramirez
    Américas
    URL curta
    402

    Cerca de um milhão cidadãos venezuelanos estão atualmente na Colômbia, o que representa 50% do número total de cidadãos que deixaram a Venezuela nos últimos anos devido à situação política e econômica do país, informaram as autoridades de imigração colombianas nesta quarta-feira.

    "Segundo dados da OIM (Organização Internacional para as Migrações) e do ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados), mais de dois milhões e 300 mil venezuelanos deixaram seu país nos últimos anos. Destes, cerca de 50% estão na Colômbia", disse o diretor da Imigração colombiana, Christian Krüger, em um comunicado.

    De todos os venezuelanos atualmente na Colômbia, mais da metade (573 mil) estão em uma situação regular, enquanto mais de 217 mil estão residindo irregularmente, e outros cerca de 240 mil estão em processo de regularização, disse o funcionário do governo de Bogotá.

    Segundo Krüger, "entre janeiro e setembro de 2018, mais de um milhão e 52 mil venezuelanos entraram no território da Colômbia, enquanto pouco mais de 676 mil se deslocaram para outros países, principalmente Equador, Peru, Chile, Estados Unidos e México".

    Essa situação, acrescentou, "evidencia a crise migratória que está sendo experimentada não só pela Colômbia, mas também pela região toda, em função da ditadura na Venezuela".

    O chefe da Imigração assinalou que o Governo da Colômbia empreende medidas para regularizar a população venezuelana, incluindo a emissão de Permissão Especial de Permanência (PEP), documento que não só permite que o venezuelano esteja no país por até dois anos, mas também facilita o trabalho, o estudo, a adesão ao sistema de segurança social e a abertura de contas bancárias.

    Mais:

    Venezuela rechaça Colômbia por conceder status de refugiado a opositor do regime
    Nicolás Maduro diz que os EUA deram a Colômbia a ordem de assassiná-lo
    Venezuela acusa Colômbia de impedir retorno de mais de 70 venezuelanos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik