16:26 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    O co-fundador do WikiLeaks, Julian Assange, faz um discurso perante jornalistas e manifestantes de uma varanda da Embaixada do Equador em Londres.

    Governo equatoriano restaura parte das comunicações de Julian Assange

    © Sputnik / Alex MacNaughton
    Américas
    URL curta
    490

    O governo equatoriano restaurou parcialmente as comunicações do fundador do Wikileaks, Julian Assange, informou uma reportagem da ITV neste domingo (14).

    "O Equador disse ao editor do WikiLeaks, Julian Assange, que vai remover o regime de isolamento imposto a ele após as reuniões entre dois altos funcionários da ONU e o presidente do Equador, Lenin Moreno, na sexta-feira", disse o comunicado do Wikileaks.

    "Assange foi informado sobre as horas de decisão do Equador depois que o Sr. Grandi e o Sr. Kaye se encontraram com o Presidente Moreno", continua.

    Segundo o Wikileaks, a decisão de restaurar a comunicação de Assange foi tomada após o alto comissário das Nações Unidas para os refugiados Filippo Grandi e relator especial da ONU para a liberdade de expressão David Kaye se encontrar com o presidente do Equador, Lenin Moreno.

    As comunicações para Assange foram cortadas no início de março, com autoridades equatorianas dizendo que Assange violou o acordo de não emitir mensagens que pudessem interferir em assuntos de outros países.

    Tags:
    comunicação, Julian Assange, Reino Unido, Equador
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik