13:44 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente boliviano Evo Morales

    Bolívia procura estreitar laços comercias com Peru após perder litoral pro Chile

    Enzo de Luca/ ABI
    Américas
    URL curta
    2171

    O presidente da Bolívia, Evo Morales, busca impulsionar seu comércio usando os portos de Peru, no ambito do acordo bilateral assinado com Lima.

    O novo impulso para importações e exportações bolivianas via Peru ocorre depois da Corte Internacional de Justiça de Haia rejeitar a demanda da Bolívia por trecho do litoral oceánico disputado com o Chile.

    A Bolívia perdeu o acesso ao oceano Pacífico depois de uma guerra com o Chile, no século 19, ficando privada de 400 quilômetros de costa e 120 mil quilômetros quadrados de território, segundo um tratado assinado em 1904.

    "Será igual ao Canal do Panamá", disse Morales, referindo-se ao porto de Ilo, localizado no sul do Peru, que servirá de porta de entrada para o comércio boliviano.

    "Pela primeira vez na história da Bolívia, veremos exportação direta para a China", disse o presidente ao jornal La República.

    Mais:

    Corte Internacional rejeita argumentos da Bolívia para ter saída ao Pacífico pelo Chile
    Disputa territorial entre Bolívia e Chile ganha novo capítulo
    Banco Central da Bolívia confirma meta do PIB e baixa previsão de inflação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik