22:48 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    B-2 Spirit norte-americano

    Presença de bombardeiros B-2 em Pearl Harbor seria um pesadelo para a China

    © Foto : US Air Force / Cherie A. Thurlby
    Américas
    URL curta
    141521

    A Força Aérea dos EUA começou posicionando bombardeiros de longo alcance no Havaí para combater a agressividade de Pequim.

    Anteriormente, os americanos enviaram três bombardeiros Northrop Grumman B-2A Spirit à base aérea de Pearl Harbor-Hickam, no Havaí, tendo como objetivo demonstrar que a América está pronta para atingir qualquer alvo que apresente risco, incluindo dentro do espaço aéreo chinês, segundo artigo publicado por Dave Majumdar na revista The National Interest.

    Os B-2 Spirit enviados à base aérea de Pearl Harbor-Hickam, são bombardeiros de alta tecnologia com capacidade de desenvolver uma flexibilidade estratégica, "conduzindo operações aéreas de rotina". Além disso, "os EUA demonstram como rotina seu comprometimento com seus aliados e parceiros através do emprego global e integração das forças militares", afirmou o diretor de operações aéreas e do ciberespaço, Stephen Williams.

    Nos exercícios conjuntos que ocorreram no Havaí foram utilizados caças F-22 Raptor e bombardeiros B-2, tendo sido possível observar os pontos fracos e fortes de cada um deles. No entanto, quando trabalham em conjunto, ambos os tipos de aparelhos se completam e isso foi demonstrado nos exercícios.

    O treinamento foi realizado com foco na integração entre o esquadrão de caças F-22 e a Guarda Nacional Aérea do Havaí. No futuro é possível que os EUA optem por bombardeiros estratégicos de longo alcance, como o B-2, B-21 e B-52, combinados com mísseis de cruzeiro, para um possível ataque eficaz contra a China, sendo todas as bases militares dos EUA na região vulneráveis a um eventual ataque chinês.

    Mais:

    Bombardeiro B-2 Spirit dos EUA será equipado com bomba nuclear de precisão
    Rússia seria capaz de aniquilar F-22 e bombardeiros B-2 utilizando o novo sistema S-500?
    Tags:
    Bombardeiro, avião de assalto, caças, alvo, manobras, treinamento, F-22 Raptor, B-2 Spirit, Havaí, EUA, Pearl Harbor
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik