02:45 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Luis Caputo saindo de 245 Park Avenue

    Presidente do Banco Central da Argentina renuncia ao cargo

    © AFP 2018 / KENA BETANCUR
    Américas
    URL curta
    420

    O presidente do Banco Central da Argentina, Luis Caputo, apresentou nesta terça-feira seu pedido de renúncia ao presidente argentino, Mauricio Macri. O anúncio enfraquece o governo, que está conduzindo negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI), enquanto o país vive uma greve geral.

    O Banco Central emitiu um comunicado, também divulgado no Twitter, no qual afirma que a renúncia aconteceu por "motivos pessoais" e com a confiança de que o novo acordo com o FMI restabelecerá as certezas sobre a situação financeira, fiscal e monetária do país.

    O presidente argentino, Mauricio Macri, está em Nova York, onde participa da Assembleia Geral da ONU e deve se reunir com investidores. Enquanto isso, o país vive a quarta greve geral convocada contra a política econômica do atual governo.​

    Mais:

    'Crise brasileira está afetando mais a Argentina do que ao contrário', diz economista
    Ajuste fiscal e inflação enorme: crise na Argentina deveria servir de alerta para Brasil?
    Especialista: instabilidades de Argentina e Brasil são obstáculos para acordo Mercosul-UE
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik