11:51 29 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    551
    Nos siga no

    A popularidade do presidente argentino Mauricio Macri caiu para 35,9% após a crise financeira em seu país, informou uma pesquisa divulgada pela consultoria Rouvier & Asociados, em seu relatório de agosto.

    "A tendência de queda na imagem de Macri continua, a negatividade em sua figura e na administração do governo é acentuada mês a mês, por outro lado, as expectativas econômicas e inflacionárias não mostram recuperação", escreveu ele no Twitter.

    Por outro lado, o consultor disse que a popularidade da presidente Cristina Kirchner "caiu um pouco desde a última medição": "Ela cai dois pontos de sua imagem positiva e, assim, inverte a tendência que tinha começado em maio e isso mostrou uma recuperação de sua popularidade".

    As dificuldades financeiras forçaram o governo de Macri a pedir ajuda ao Fundo Monetário Internacional (FMI) em maio.

    A evolução da economia argentina está sob auditoria do FMI, que analisa o cumprimento das metas do acordo de "stand-by" (contingência) assinado em junho por um montante de US $ 50 bilhões.

    Tags:
    índice de aprovação, popularidade, Mauricio Macri, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar