17:55 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Mike Pompeo

    Departamento de Estado dos EUA envia mensagem ao novo presidente do México

    © AFP 2018 / SAUL LOEB
    Américas
    URL curta
    103

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse ter proposto ao presidente eleito do México, Andrés Manuel López Obrador, trabalhar pelo desenvolvimento econômico dos dois países e da região.

    Pompeo parabenizou o vencedor das eleições presidenciais no México "com uma eleição histórica, e se ofereceu para trabalhar com Lopez Obrador, após 1 de dezembro, para começar a estabelecer um relacionamento com ele e com sua equipe".

    O secretário de Estado norte-americano acrescentou desejar "trabalhar com objectivos comuns, através de um maior desenvolvimento econômico, criação de empregos e oportunidades" dos dois países.

    O chefe da diplomacia norte-americana disse que o governo de Donald Trump vai continuar a trabalhar com o atual presidente Enrique Peña Nieto para ampliar as relações comerciais e na área de segurança e de modernização do Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA).

    "Temos uma relação sólida e recíproca com o México e queremos modernizar o NAFTA", no qual cada um dos três países tem suas prioridades definidas, continuou Pompeo.

    "Nossa prioridade é apoiar os trabalhadores americanos. Essa é a nossa prioridade. Estamos todos de acordo que a América continua a ser um competidor e a região mais forte do mundo", afirmou Pompeo na sede do ministério das Relações Exteriores do México.

    López Obrador assumirá a presidência em 1º de dezembro.

    Mais:

    México pretende cancelar compra de helicópteros de combate dos EUA
    Agentes federais acusam prefeito de Nova York de cruzar ilegalmente fronteira com o México
    México: 520 políticos e funcionários públicos assassinados durante campanha eleitoral
    Secretário de Estado dos EUA e genro de Trump visitarão presidente eleito do México
    México não vai interferir em crises na Venezuela e Nicarágua, diz futuro chanceler
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik