00:02 17 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Nicolás Maduro, presidente da Venezuela

    Maduro acusa Colômbia de provocar um conflito armado com Venezuela

    © REUTERS / Carlos Barria
    Américas
    URL curta
    2111

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou a Colômbia de preparar "incidentes" com o objetivo de generalizar um conflito armado entre as duas nações.

    "Uma série de incidentes e provocações de natureza militar estão sendo preparadas pelo governo colombiano de Juan Manuel Santos do território colombiano e dentro do território venezuelano para gerar um conflito armado entre a Colômbia e a Venezuela", disse o presidente.

    Maduro fez estas declarações durante um evento na Academia Militar em Fuerte Tiuna, a oeste de Caracas, com oficiais das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas.

    O líder venezuelano enviou uma mensagem às forças militares e policiais da Colômbia para não se prestarem às "armadilhas" do presidente Santos, que deixa o cargo em 7 de agosto.

    "[Santos] quer deixar um conflito militar para fazer o favor do imperialismo norte-americano contra a independente e soberana República Bolivariana da Venezuela", disse Maduro.

    Da mesma forma, o chefe de Estado venezuelano disse confiar nos militares colombianos para que eles não se prestem a um "conflito entre irmãos".

    Além disso, ele pediu ao corpo militar de seu país a levantar a guarda através da fronteira e tomar medidas de inteligência para garantir a paz em todo o seu território.

    Mais:

    'Ameaça à paz': Venezuela condena aliança da Colômbia com OTAN
    Ex-procuradora-geral da Venezuela deixa a Colômbia com destino ao Brasil
    Tags:
    militar, conflito, Nicolás Maduro, Colômbia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar