11:27 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Secretário de Estado adjunto dos EUA, John Sullivan.

    Como esperado, EUA não reconhecerão resultado na Venezuela e preparam sanções

    © REUTERS / Amir Cohen
    Américas
    URL curta
    37524

    Falando à imprensa nesta tarde, o número 2 do Departamento de Estado dos EUA, John Sullivan confirmou que os americanos não vão reconhecer os resultados das eleições presidenciais que ocorrem neste momento na Venezuela. País prepara pacote de medidas para lidar com o próximo governo venezuelano eleito.

    Adicionalmente, Sullivan comentou que os Estados Unidos estão considerando novas sanções ao petróleo da Venezuela e que o pacote de ações contra as eleições levadas à cabo neste domingo mesmo sob boicote da oposição será discutido em uma reunião do G20 em Buenos Aires na segunda-feira.

    Contudo, o diplomata diz que as medidas serão cautelosas de modo a não prejudicar em demasia o país em caso de "restauração" do regime democrático venezuelano.

    "Precisamos ter certeza de que aderimos ao nosso objetivo, que é atingir os funcionários do regime corrupto e não o povo da Venezuela", disse Sullivan, conforme citado pela Reuters. "Não queremos prejudicar o país de uma forma que dificulte a reparação após a restauração da democracia".

    Com opositores presos ou impedidos, Nicolás Maduro concorre como favorito a mais um mandato presidencial de seis anos neste domingo. Além dos EUA, vários outros países já anunciaram que não reconhecerão o novo governo.

    Tags:
    Reuters, G20, John Sullivan, Nicolás Maduro, Estados Unidos, Venezuela, Buenos Aires
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik