14:24 19 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Ex-presidente do Peru, Ollanta Humala, e sua esposa, Nadine Heredia

    Justiça peruana liberta o ex-presidente Ollanta Humala

    © REUTERS / Guadalupe Pardo
    Américas
    URL curta
    0 10

    O ex-presidente do Peru, Ollanta Humala (2011-2016), foi libertado, depois que o Tribunal Constitucional decidiu um habeas corpus em seu favor.

    "Estamos lutando para que o estado de direito prevaleça, estamos lutando pela constitucionalidade, quero agradecer a todos os meus advogados que têm trabalhado para tornar isso uma realidade", disse Humala a repórteres depois de deixar a prisão de Barbadillo, em Lima. Ele estava detido de forma preventiva no âmbito da investigação de corrupção e de vínculos com a empresa brasileira Odebrecht.

    A sua esposa, Nadie Heredia, foi libertada na segunda-feira da prisão feminina em Santa Monica, no distrito de Chorrillos, e não quis fazer declarações. Ela deixou o local sob forte proteção policial.

    O casal é investigado por supostamente receber três milhões de dólares da empresa Odebrecht para financiar a vitoriosa campanha presidencial de Humala em 2011.

    O presidente da empreiteira brasileira, Marcelo Odebrecht, confessou o financiamento da campanha de Humala em abril de 2017.

    Mais:

    Taxa de pobreza no Peru cresce pela primeira vez em 16 anos
    Martin Vizcarra assume presidência do Peru e promete combater corrupção
    Documentos indicam que Odebrecht financiou campanha de ex-prefeita de Lima
    Mais de 5.000 peruanos protestam em Lima contra o perdão do ex-presidente Fujimori
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik