14:09 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Gina Haspel, nova diretora da CIA.

    Documentos: nova diretora da CIA supervisionou tortura

    © AP Photo / Handout CIA
    Américas
    URL curta
    914

    Documentos secretos, recentemente divulgados, confirmam que a recém-nomeada diretora da CIA, Gina Haspel, supervisionou a tortura de um detento e ordenou a destruição das provas em vídeo, informou o National Security Archive da Universidade George Washington, em um comunicado à imprensa.

    A senadora norte-americana Dianne Feinstein, que supervisionou a divulgação de um relatório sobre tortura na CIA em 2014, e outros dois legisladores, criticaram na quarta-feira a agência por recusar um pedido de mais informações sobre o histórico de Haspel antes das audiências de sabatina dela para assumir o cargo na agência.

    "A indicada pelo governo Trump para ocupar a diretoria da CIA, Gina Haspel, supervisionou pessoalmente a tortura de um detento da CIA em 2002, realizando pelo menos três sessões de afogamento, e em seguida ordenou a destruição das provas de tortura", segundo os documentos que perderam recentemente o nível de "secretos".

    A publicação também afirma que Haspel serviu como oficial sênior, na época em que a CIA mentiu para ex-presidentes, legisladores e o público "sobre a eficácia da tortura em induzir inteligência útil".

    Os novos documentos incluem versões menos editadas de materiais que revelam atividades em um "local escuro" da CIA na Tailândia em 2002, quando Haspel era chefe de base. Haspel supervisionou os psicólogos Bruce Jessen e James Mitchell, que desenvolveram as chamadas técnicas de interrogatório aprimoradas, segundo o comunicado. No mesmo mês, Jessen e Mitchell supervisionaram a tortura de Abd al-Rahim al-Nashiri, um cidadão da Arábia Saudita acusado de ser o mentor do atentado contra o navio USS Cole. Ele foi afogado três vezes, de acordo com o comunicado.

    Gina Haspel assumiu o cargo de Diretora Interina da Agência Central de Inteligência (CIA) depois que o Senado dos EUA confirmou a nomeação do ex-diretor da CIA, Mike Pompeo, para secretário de Estado.

    "Hoje, após o juramento de Mike Pompeo na qualidade de secretário de Estado, a vice-diretora Gina C. Haspel assumiu o cargo de diretora interina da Agência Central de Inteligência", informou um comunicado da CIA.

    O National Security Archive, abrigado na Universidade George Washington, foi fundado em 1985 por jornalistas e acadêmicos para combater o sigilo do governo dos EUA. O arquivo inclui mais de 100 mil documentos relacionados à importantes decisões políticas no país.

    Mais:

    Casa Branca divulga imagens da reunião 'secreta' de Mike Pompeo com Kim Jong-un
    Após confirmar Pompeo, Senado dos EUA deve impedir guerra no Oriente Médio
    'Valioso': elogiado por Trump, Mike Pompeo é o novo secretário de Estado dos EUA
    Talvez tenha havido acordo: por que Trump escolheu Pompeo para negociar com Pyongyang?
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik