23:21 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Migrantes venezuelanos seguram de cartazes à procura de trabalho na cidade brasileira de Boa Vista, estado de Roraima, outubro de 2017.

    Roraima vai ao STF para fechar fronteira com a Venezuela

    © Foto : UNODC
    Américas
    URL curta
    10101

    Roraima ingressou com ação civil no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira (13) para fechar temporariamente a fronteira brasileira com a Venezuela.

    Envolta em uma crise política e de hiperinflação, parte da população venezuelana tem deixado o país em busca de melhores condições nos países vizinhos.

    A governadora Suely Campos (PP) pediu tutela provisória sob o argumento de que o Governo Federal está omisso em seu papel constitucional de controle das fronteiras. Desta maneira, argumenta a ação, Roraima está sobrecarregada em seus serviços públicos, afirma o jornal O Globo

    A ação também pede recursos federais para arcar com custos adicionais de saúde e educação.

    "Nada de efetivo foi implementado até o momento, mesmo após a Medida Provisória, a não ser a transferência de apenas 266 venezuelanos para os estados de São Paulo e Mato Grosso, o que representa um fator ínfimo, considerando os mais de 50 mil que, muitos deles, perambulam pelas praças da capital Boa Vista", afirmou Suely. 

    Mais:

    'É uma perda de tempo': Maduro descarta participação da Cúpula das Américas
    Mesmo sem convite, Maduro ameça participar de Cúpula das Américas
    Governo peruano: Maduro não é bem-vindo à Cúpula das Américas
    Chanceleres das Américas pedem que Venezuela reverta a Assembleia Constituinte
    Instrutores russos vão ensinar as Américas a sobreviver
    'Doença dos zumbis' se espalha pelas Américas, dizem cientistas
    Tags:
    Brasil, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik