19:45 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Senadores Bob Corker (centro) e Benjamin L. Cardin (direita), que promoveram o decreto que dá poderes ao Congresso dos EUA para aprovar ou negar acordos internacionais com o Irã

    Senador dos EUA sugere que Trump abandonará acordo com Irã em maio

    © AFP 2018 / BRENDAN SMIALOWSKI
    Américas
    URL curta
    624

    O senador republicano dos EUA, Bob Corker, insinuou durante entrevista à rede de TV CBS que Trump vai se retirar do acordo nuclear iraniano quando findar o prazo para que o presidente renuncie às sanções, conforme previsto no Plano de Ação Conjunto Global.

    "O acordo com o Irã será outro problema que acontecerá em maio, e agora não parece que vai ser prorrogado", disse o senador republicano, que também é presidente do Comitê de Relações Exteriores do Senado durante o programa "Face the Nation".

    "Eu acho que o presidente provavelmente se afastará daquilo [do acordo], a menos que nossos homólogos europeus realmente se juntem em uma estrutura. E não sinto que o farão", disse ele.

    No dia 12 de janeiro, Trump oficializou uma série de demandas a líderes europeus, dizendo que ou assumiam o compromisso em "consertar as terríveis falhas do acordo nuclear do Irã", ou ele se recusaria a aumentar o alívio das sanções dos EUA no Irã. 

    A menos que o presidente decida o contrário, as sanções dos EUA serão retomadas no dia 12 de maio.

    Tags:
    sanções, Plano de Ação Conjunto Global, Comitê de Relações Exteriores do Senado dos EUA, CBS, Bob Corker, Estados Unidos, Irã, Europa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik