06:31 21 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    María Alejandra Vicuña, nova vice-presidente do Equador

    Equador escolhe nova vice-presidente para substituir preso por corrupção com a Odebrecht

    CC BY-SA 2.0 / Agencia de Noticias ANDES / MARÍA ALEJANDRA VICUÑA / VICEPRESIDENTA ENCARGADA
    Américas
    URL curta
    421

    A Assembleia Nacional do Equador escolheu neste sábado (6) a nova vice-presidente do país: Maria Alejandra Vicuña. Ela irá substituir Jorge Glas, condenado e preso por envolvimento com o pagamento de propinas da empreiteira Odebrecht no país.

    Seu nome foi aprovado por 70 votos dos 106 presentes na sessão. Ela fazia parte de uma lista enviada pelo presidente Lenín Moreno. 

    O antecessor de Maria foi julgado culpado de ter recebido US$ 13,5 milhões da Odebrecht quando era ministro de Setores Estratégicos, entre 2010 e 2012. Para a Justiça do Equador, Jorge Glas atuou para que a empreiteira baiana ganhasse licitações de obras públicas no país.

    Com 40 anos, María é psicóloga e mestre em administração de empresas e ocupava o cargo de ministra de Desenvolvimento Urbano e Habitação. Ela foi deputada por dois mandatos, de 2009 a 2017. Seu novo e atual mandato de vice-presidente irá até 24 de maio de 2021.

    Mais:

    Equador proíbe Julian Assange de fazer comentários sobre o movimento separatista catalão
    Esquema da Odebrecht: Vice-presidente do Equador é condenado a seis anos de prisão
    No Equador, arqueólogos russos encontram artefatos antiguíssimos
    Piloto do Equador tira fotos encantadoras de tempestades a partir do avião
    Em reviravolta, presidente do Equador critica Maduro
    Mais Odebrecht: Vice-presidente do Equador é investigado por suspeita de corrupção
    Tags:
    Lenín Moreno, Jorge Glas, Maria Alejandra Vicuña, Equador
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik