02:13 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    US President Donald Trump smiles as he arrives to speak about tax reform legislation in St. Louis, Missouri, US November 29, 2017. R

    Reforma fiscal de Trump aumentará desigualdade, diz prêmio Nobel de Economia

    © REUTERS/ Kevin Lamarque
    Américas
    URL curta
    301

    A reforma fiscal promovida pelo presidente Donald Trump e que está sendo analisada pelo Congresso dos EUA irá aumentar a desigualdade e as oportunidades de evasão fiscal, acredita o vencedor do prêmio Nobel de Economia de 2017, Richard Thaler.

    Trump espera que a maior reforma tributária desde a década de 1980 reduza os custos para as empresas e aumente o crescimento. Já os críticos dizem que o plano beneficia principalmente os ricos e as corporações.

    "Uma reforma fiscal que tem como o principal efeito o aumento da desigualdade parece ser equivocada", disse Thaler em entrevista coletiva em Estocolmo, antes de participar da cerimônia do Nobel.

    A proposta parece um "convite para os advogados inventarem novas maneiras de contornar os impostos", disse Thaler.

    "Existe uma cláusula especial para jatos particulares. Penso que as pessoas que estão usando jatos privados não são as que mais precisam de um desconto nos impostos", acrescentou.

    A reforma já foi aprovada pelo Senado — agora ela precisa ser analisada por uma comissão bilateral com participação da Câmara.

    Thaler venceu o prêmio Nobel por sua teoria de economia comportamental e seu estudo sobre como as pessoas tomam escolhas financeiras. 

    Mais:

    Coreia, Irã, Palestina... Trump jogando lenha em crises mundiais
    Kremlin: decisão de Trump sobre Jerusalém agrava situação na região
    Erdogan engrossa contestação à decisão de Trump sobre Jerusalém
    Líder do Hamas chama para nova Intifada após decisão de Trump sobre Jerusalém
    Arábia Saudita desaprova Trump
    Decisão de Trump destrói a solução de dois Estados e ameaça a paz, dizem palestinos
    Trump reconhece Jerusalém como capital de Israel
    Reconhecendo Jerusalém como capital de Israel, Trump 'declara guerra' na região
    Que metas Trump persegue ao reconhecer Jerusalém como capital de Israel?
    Tags:
    Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik