02:14 11 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    O presidente dos EUA, Donald Trump, toma um copo de vinho durante sua visita oficial à Coreia do Sul, em 7 de novembro de 2017

    'Não é o momento': Congresso dos EUA bloqueia tentativa de impeachment de Trump

    © REUTERS/ Jonathan Ernst
    Américas
    URL curta
    310

    Quase 60 votos obteve a resolução apresentada por um legislador democrata para iniciar o processo de impeachment contra o atual presidente dos EUA, Donald Trump, devido à "intolerância, ódio e hostilidade".

    Na quarta-feira (6), a Câmara dos Representantes dos EUA rejeitou um projeto de resolução proposto por um legislador com objetivo de iniciar o impeachment contra Donald Trump.

    No total, 58 representantes votaram a favor da medida, enquanto 364 — incluindo um número considerável de democratas — se manifestaram contra, informa o The Washington Post.

    O representante democrata do estado do Texas, Al Green, que apresentou a resolução, afirmou que as ações de Trump são "delitos menores" que têm sua origem em "intolerância, ódio e hostilidade" do chefe de Estado.

    Segundo as acusações de Green, Trump incitou o ódio "por motivos de raça, origem nacional, religião, gênero e orientação sexual". Em sua opinião, o presidente "semeou discordância entre o povo estadunidense" e descreditou seu cargo.

    "Assim, por causar tantos danos à sociedade dos EUA, Donald Trump não é apto para ser presidente", concluiu legislador.

    A rejeição da medida era previsível, sendo que a Câmara está controlada por legisladores do Partido Republicano. Para aprovar o impeachment é necessário obter um número de votos favoráveis da maioria da Câmara dos Representantes e de dois terços do Senado, que também se encontra sob o controle dos republicanos.

    Há outras questões

    Ao mesmo tempo, a líder da minoria democrata da Câmara, Nancy Pelosi, assegurou que "não é o momento favorável para considerar os artigos de um impeachment". 

    Segundo indicam os representantes do Partido Democrata, "os congressistas enfrentam um vasto conjunto de prioridades urgentes para o povo estadunidense. Os democratas se focam em adotar medidas reais e efetivas para melhorar a vida dos trabalhadores estadunidenses e em derrotar os ataques cruéis contra a classe média por parte dos republicanos".

    Mais:

    Bilionário democrata lança campanha nacional pelo impeachment de Trump
    'Destituição do presidente perigoso': mais de 1 milhão apoiam impeachment de Trump
    Sabe algo que pode levar ao impeachment de Trump? Rei do pornô quer pagar US$ 10 milhões
    Depois de derrubar Trump, congressista americana 'promete' organizar impeachment de Putin
    Opinião: impeachment de Donald Trump significaria suicídio dos republicanos
    Tags:
    presidente, hostilidade, intolerância, ódio, política, impeachment, Partido Republicano, Partido Democrata, Câmara dos Representantes, Congresso dos EUA, Al Green, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik