10:36 21 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Demonstração destinada para iniciar um impeachment contra o presidente norte-americano, Donald Trump (EUA)

    Caso que pode levar ao impeachment de Trump começa a se concretizar no Senado dos EUA

    © AFP 2018 / RINGO CHIU
    Américas
    URL curta
    6610

    Falando à rede de NBC,a líder dos Democratas no Comitê Judiciário do Senado, Dianne Feinstein, disse que o grupo começa a vislumbrar a "concretização do caso de obstrução da justiça" contra o presidente Donald Trump. Se concretizado um processo e o envolvimento do republicano para abafar investigações for comprovado, Trump pode sofrer impeachment.

    Para Feinstein, os "tweets contínuos" da Casa Branca são incriminadores. Nas últimas semanas, Trump tem deferido uma série de críticas contra o FBI e a investigação conduzida pelo conselheiro especial Robert Mueller quanto ao envolvimento do republicano com autoridades russas.

    Os ataques começaram logo após o ex-conselheiro de segurança nacional Michael Flynn concordar em cooperar como parte de um acordo de delação premiada.

    Feinstein afirmou ainda que, pessoalmente, acredita que a decisão em demitir o ex-diretor do FBI, James Comey, aconteceu "porque ele (Comey) não concordou com a paralisação da investigação sobre a Rússia. Isso é obstrução da justiça".

    Mais:

    Sabe algo que pode levar ao impeachment de Trump? Rei do pornô quer pagar US$ 10 milhões
    'Destituição do presidente perigoso': mais de 1 milhão apoiam impeachment de Trump
    Bilionário democrata lança campanha nacional pelo impeachment de Trump
    Pesquisa: Maioria dos americanos acredita que Trump deve sofrer impeachment
    Depois de derrubar Trump, congressista americana 'promete' organizar impeachment de Putin
    Tags:
    FBI, Casa Branca, James Comey, Michael Flynn, Robert Mueller, Dianne Feinstein, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik