16:21 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O cartaz Todo o território dos EUA está ao nosso alcance

    Pyongyang ameaça 'todo o continente dos Estados Unidos': qual resposta Washington prepara?

    © REUTERS / KCNA
    Américas
    URL curta
    Coreia do Norte lança mais um míssil (38)
    13167
    Nos siga no

    EUA estão analisando possibilidades de tomar medidas complementares contra a Coreia do Norte em meio ao recente lançamento do míssil, afirma o vice-presidente do país, Mike Pence.

    "Na semana passada o presidente [dos EUA], Donald Trump, designou a Coreia do Norte como um Estado patrocinador do terrorismo, e no âmbito da provocação atual [lançamento do Hwasong-15] nossa Administração considera uma tomada de medidas adicionais", declarou Pence durante seu discurso dado no Hudson Institute (Nova York).

    "Continuamos usando todos os recursos dos EUA para que a pressão econômica e diplomática faça a Coreia do Norte recusar para sempre seu programa nuclear e de mísseis", avisou.

    Além disso, ele sublinhou que "é melhor o regime de Kim [Jong-un] não testar a firmeza desse presidente [Donald Trump], bem como as capacidades das Forças Armadas dos EUA".

    A decisão de recolocar a Coreia do Norte em uma lista de patrocinadores estatais do terrorismo, pela primeira vez em nove anos, foi do presidente dos EUA, Donald Trump, em 20 de novembro.

    A medida é parte da pressão estabelecida por Washington para que Pyongyang desista de suas armas nucleares. Segundo o republicano, a Coreia do Norte "apoiou atos internacionais de terrorismo, incluindo assassinatos em solo estrangeiro".

    No entanto, o país asiático declarou nunca ter se envolvido em qualquer atividade terrorista, ao contrário do que a Casa Branca possa alegar.

    Para Pyongyang, a atitude de Trump é um instrumento "de destruir países independentes", e só serve para fortalecer a meta da Coreia do Norte de desenvolver seu arsenal nuclear.

    Tema:
    Coreia do Norte lança mais um míssil (38)

    Mais:

    Coreia do Norte afirma ter míssil capaz de atingir 'todo o continente dos EUA'
    Que míssil? Coreia do Norte divulga fotos de Kim Jong-un visitando criação de bagres
    Míssil norte-coreano Hwasong-15 é capaz de carregar 'ogiva nuclear pesada'
    Míssil da Coreia do Norte colocou em risco a vida de deputados da Rússia, diz vice russo
    Secretário dos EUA diz que míssil da Coreia do Norte atingiu maior altitude já registrada
    Tags:
    medidas de resposta, testes de mísseis, míssil balístico intercontinental, patrocinadores, lançamento, programa nuclear, ameaça, terrorismo, Casa Branca, Mike Pence, Donald Trump, Kim Jong-un, Pyongyang, Coreia do Norte, EUA, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar