18:47 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    014
    Nos siga no

    O impasse na Venezuela parece longe de acabar. Após as eleições realizadas no último domingo resultarem em uma ampla vitória de Nicolás Maduro, a oposição está acusando o Governo de fraude.

    A coalizão de partidos oposicionistas Mesa da Unidade Democrática afirma que os resultado da eleição no estado de Bolívar não bate com os números de 11 urnas verificadas por um grupo de representantes de diferentes partidos. 

    Segundo a Mesa da Unidade Democrática, 2.199 votos nestas urnas foram erroneamente creditados ao candidato governista — número que seria suficiente para mudar o resultado da eleição. 

    Os candidatos de Maduro venceram em 18 dos 23 estados em disputa.

    Os 5 candidatos de oposição que venceram também enfrentam dificuldades. Eles não pretendem prestar juramento para a Assembleia Nacional Constituinte, cujo legitimidade é questionada pela oposição.

    Maduro, entretanto, afirma que sem o juramento eles não poderão assumir seus cargos.

    "Os eles demonstram respeito, ou eles demonstram respeito, é simples assim", disse Maduro.

    O Departamento de Estado dos EUA condenou a exigência e a classificou como a "última ação antidemocrática" de Caracas. 

    O chamado Grupo de Lima — formado por Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Paraguai e Peru — pediu uma auditoria independente do pleito.

    Mais:

    Projeto de poder? Governaremos a Venezuela por 100 anos, diz Maduro
    Será que Maduro e seus partidários venceram realmente recentes eleições na Venezuela?
    Eleições na Venezuela: candidados governistas vencem oposição em 17 estados
    Duvido que haja uma democracia tão forte quanto a Venezuela, diz prefeito de Caracas
    Sem calote: Rússia aceita reestruturação da dívida da Venezuela
    Em que se baseia aproximação entre Venezuela e Turquia?
    China lança terceiro satélite da Venezuela no espaço
    Presidente da Venezuela agradece Trump por torná-lo 'famoso'
    Tags:
    Venezuela, Nicolás Maduro, Departamento de Estado dos EUA, Grupo de Lima
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar