01:26 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Imigrantes mexicanos nos EUA

    Califórnia desafia Trump e se declara como 'Estado santuário' para imigrantes

    © AP Photo / Eduardo Verdugo
    Américas
    URL curta
    573
    Nos siga no

    A legislação entrará em vigor em janeiro de 2018 e afirma que a polícia não pode questionar ninguém sobre seu status de imigração.

    Em um desafio aberto ao presidente Donald Trump, o governador da Califórnia, Jerry Brown, promulgou nesta quinta-feira a Lei das Cidades Santuário, que amplia as medidas de proteção para imigrantes ilegais nos Estados Unidos.

    A lei determina, entre outras medidas, que a polícia da Califórnia não poderá questionar as pessoas sobre seu status de imigração ou aplicar leis de migração contra elas, informou a agência de notícias AP.

    Da mesma forma, os funcionários penitenciários só podem entregar às autoridades federais as pessoas condenadas por cometer tipos de crimes especificados na lei estadual.

    Brown disse que os tempos atuais são repletos de incertezas para os trabalhadores ilegais da Califórnia, bem como para suas famílias. Segundo ele, esta lei proporciona um equilíbrio necessário para garantir a segurança pública e oferece um alívio para aqueles que "vivem com medo todos os dias", disse a autoridade em um comunicado.

    Na Califórnia, cerca de 2,3 milhões de imigrantes vivem sem autorização legal.

    Mais:

    Governador da Califórnia diz que mudanças climáticas podem ser mais perigosas que fascismo
    Líder do movimento de separação da Califórnia decide se mudar para Rússia
    Manifestantes pró e contra Trump entram em confronto na Califórnia (VÍDEOS)
    Um terço dos americanos apoia separação da Califórnia dos EUA
    Tags:
    legislação, imigrantes ilegais, imigrantes, Jerry Brown, Califórnia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar