21:05 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    14624
    Nos siga no

    O comandante do exército dos EUA na Europa, tenente-general Ben Hodges, afirmou que os países europeus têm que acordar a criação de um "Schengen militar" para uma contenção mais eficaz da Rússia, cita a agência de notícias AP.

    De acordo com o general, o transporte de armas e cargas militares através das fronteiras dos países europeus tem que ser regulado com regras especiais que permitam deslocar as forças da OTAN de um jeito mais rápido.

    "A Aliança deve ter a possibilidade de se mover tão rápido como as forças armadas da Rússia, ou até mais rápido, caso nós queiramos que a nossa capacidade de dissuasão seja eficaz", afirmou Hodges.

    Afirmações sobre a "ameaça russa" e as necessidades de "contenção" de Moscou já foram muitas vezes declaradas por parte dos países ocidentais. Segundo o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, a OTAN percebe perfeitamente que a Rússia não tenciona atacar ninguém, e que a Aliança só precisa de algum pretexto para instalar mais unidades de material bélico e forças perto das fronteiras da Rússia.

    Mais:

    Rússia denuncia intromissões ilegais dos EUA em suas instalações diplomáticas
    'Tenho a honra de servir meu país': Quem é o novo embaixador dos EUA na Rússia?
    Mídia: Rússia e China matam Nova Ordem Mundial dos EUA
    Tags:
    Schengen, OTAN, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar