12:49 22 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Loja de venda de armas nos EUA

    Após maior massacre da história, Casa Branca se recusa a discutir controle de armas

    © AP Photo / Ed Andrieski
    Américas
    URL curta
    473

    A Casa Branca acredita que esta não é a melhor hora de se discutir novas medidas de controle de armas, apesar do tiroteio mais mortal na história dos EUA em Las Vegas, na noite deste domingo.

    A informação foi prestada nesta segunda-feira pela porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, em uma entrevista coletiva. Ela classificou o debate sobre o tema como "prematuro".

    "Há tempo e lugar para um debate político, mas agora é hora de se unir como país", disse Sanders a jornalistas quando perguntada sobre controle de armas.

    "Seria prematuro discutirmos a política quando não conhecemos completamente os fatos ou o que aconteceu ontem à noite".

    Sanders também notou que ela não falou com o presidente dos EUA, Donald Trump, sobre uma proposta que está em tramitação no Congresso e que tornaria mais fácil a compra de silenciadores para armas.

    A porta-voz acrescentou que agora não é hora de criar leis que não impediriam que esse tipo de evento acontecesse.

    A fala da porta-voz é semelhante ao que Trump disse mais cedo, classificando o massacre como "um ato de pura maldade", mas evitando fazer ponderações mais duras contra a atual legislação de armas do país.

    Mais de 58 pessoas foram mortas e outras 515 ficaram feridas quando Stephen Paddock, de 64 anos, abriu fogo contra um festival de música country de seu quarto no Mandalay Bay Resort and Casino, em Las Vegas, no Estado americano de Nevada, no domingo à noite.

    A polícia disse que Paddock se matou antes que os oficiais entrassem no quarto do hotel.

    Mais:

    Putin lamenta crueldade ocorrida em Las Vegas
    FBI descarta ligação de atirador de Las Vegas com Daesh
    Identificado o autor de tiroteio em Las Vegas (FOTOS)
    Tags:
    massacre, violência, segurança, armas, desarmamento, controle de armas, NRA, Casa Branca, Stephen Paddock, Donald Trump, Sarah Huckabee Sanders, Nevada, Las Vegas, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik