19:49 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Submarino norte-americano USS Jimmy Carter em Groton, estado de Connecticut, EUA (foto de arquivo)

    Submarino militar mais avançado dos EUA aparece com bandeira pirata hasteada (FOTO)

    © AP Photo/ Jack Sauer
    Américas
    URL curta
    24311171

    O submarino norte-americano USS Jimmy Carter suscitou uma onda de questões após um jornalista ter notado na embarcação uma famosa bandeira pirata, hasteada perto da bandeira dos EUA.

    Ian Keddie, jornalista independente escocês especializado em defesa, detectou no submarino norte-americano, que voltava à base naval de Kitsap, estado de Washington, a Jolly Roger, uma antiga bandeira que é geralmente associada a piratas.

    ​Daí surge a pergunta: por que razão um veículo da Marinha dos EUA seria obrigado a hastear uma bandeira associada a piratas? Por enquanto o assunto não está claro, pois as autoridades permanecem caladas. No entanto, alguns especialistas propõem uma teoria que tem a ver com a Marinha Real Britânica.

    Navio russo Aleksandr Otrakovsky (foto de arquivo)
    © Sputnik/ The press service of the Ministry of defense of the Russian Federation
    Em 1901, o almirante Arthur Wilson, o Primeiro Lorde do Mar (chefe) da Marinha Real Britânica, afirmou que submarinos são "desleais, injustos e nada ingleses". Por não gostar de capacidades furtivas de submarinos, Wilson sugeriu que tripulações de submarinos fossem capturadas e enforcadas como acontecia com piratas.

    No entanto, depois de mais de uma década, o almirante britânico e comandante do submarino HMS E9 incentivou seus marinheiros a hastear uma bandeira com crânio branco e ossos cruzados depois de o submarino ter afundado com sucesso um cruzador alemão durante a Primeira Guerra Mundial. De acordo com o portal The Drive, o ato de Horton foi uma indireta em relação ao desprezo de Wilson. Seja como for, o uso da Jolly Roger seria para sempre associado a submarinos.

    Embora seja pouco provável que o USS Jimmy Carter, submarino nuclear da classe Seawolf, tenha afundado alguns navios duramente sua viagem, segundo o The Drive, o submarino provavelmente acabou com sucesso uma de suas "missões secretas".

    Com aproximadamente 137 metros de comprimento, o submarino é, de fato, um dos três de sua classe modificados especificamente para realizar as operações subaquáticas mais secretas. O USS Jimmy Carter pode posicionar veículos submersíveis não tripulados, inserir comandos e, segundo alguns, até entrançar cabos submarinos.

    Mais:

    Coreia do Sul avança com plano para construir submarino nuclear
    Verdade vem à tona: o plano astuto da CIA para se apoderar de um submarino soviético
    'Submarino nuclear britânico apoiaria EUA numa guerra contra Coreia do Norte'
    Tags:
    piratas, bandeira, submarino, USS Jimmy Carter, Marinha dos EUA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik