17:09 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    O avião-laboratório Yak-42D Roshidromet

    Avião russo que gera nuvens vai combater seca em Cuba

    © Sputnik/ Aleksey Nichukin
    Américas
    URL curta
    17151
    Nos siga no

    O Serviço Federal Hidrometeorológico e de Monitoramento Ambiental da Rússia, Roshidromet, enviará a Cuba seu laboratório aéreo Yak-42D para gerar nuvens por intermédio de reativos químicos que provocam precipitações, de acordo com o comunicado do site de compras estatais do país.

    Segundo os documentos, o laboratório aéreo Yak-42D número 42440 realizará durante dois meses (outubro e novembro) o trabalho de geração de nuvens sobre o território cubano, para aumentar de modo artificial as chuvas em 80 litros por hora.

    O custo desses trabalhos totaliza 92,5 milhões de rublos (aproximadamente 1,7 milhões de dólares).

    Os especialistas técnicos do Observatório Central Aerológico (pertencente ao Roshidromet) vão participar dos voos a bordo do avião experimental junto com cinco especialistas cubanos.

    A operação será financiada com recursos do orçamento de 2017 do Observatório Central Aerológico, destaca-se no site.

    A cooperação entre as entidades correspondentes de ambos os países tem-se intensificado ao longo dos últimos anos devido ao calor anormal que se vive na ilha.

    Em 2015 Cuba sofreu a maior seca nos últimos 115 anos que afetou 70 por cento do país.

    Moscou providenciou a Havana um avião especial usado pela entidade russa para monitorar a situação hidrometeorológica e regular as precipitações.

    Mais:

    Mistério continua: 'ataque acústico' em Cuba afetou mais de 10 diplomatas dos EUA
    Ataque acústico em Cuba: 'Dessa administração dos EUA se pode esperar qualquer coisa'
    Cuba diz que congelamento do nascente setor privado não irá durar muito tempo
    Tags:
    combate, seca, Havana, Moscou, Rússia, Cuba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar