05:43 29 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2284
    Nos siga no

    Os 545 membros da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela entraram na sede da legislatura para começar suas sessões, que irão discutir a nova Constituição do país, na tarde desta sexta-feira.

    Os constituintes chegaram ao parlamento no início da tarde acompanhados por um grande número de apoiadores. Por outro lado, a oposição, que considera a eleição da constituinte uma fraude, planeja amplos protestos pelo país. 

    Carregando os retratos de Hugo Chávez e do herói nacional Simón Bolívar, os constituintes ingressaram no Salão Oval após cantar o hino do país.

    De acordo com a presidente da Constituinte, Delcy Rodríguez, os trabalhos começarão oficialmente às 10h deste sábado.

    ​Milhares de apoiadores do governo se reuniram em torno do edifício do parlamento, dando boas-vindas à abertura da assembleia. A oposição, que não concorda com sua convocação, planeja amplos protestos no país

    A Assembleia Constituinte foi eleita no último domingo, tendo como missão reescrever a Constituição do país, que vigora desde 1999. A oposição venezuelana, o Mercosul, os Estados Unidos e a União Europeia não reconheceram o resultado, aceito somente por países como a Rússia e a China.

    Os ministros das Relações Exteriores dos países do Mercosul se reúnem neste sábado (5), em São Paulo, para discutir a suspensão da Venezuela do bloco. 

    Mais:

    Venezuela: priorize a paz e suspenda a Constituinte, pede o Vaticano
    Com ou sem Maduro: polarização deixa Venezuela longe de solução da crise
    Uruguai e Argentina preparam resposta do Mercosul contra a Venezuela
    Tags:
    Assembleia Constituinte, política, crise na venezuela, Delcy Rodríguez, Nicolás Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar