03:27 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira da Coreia do Norte

    O que na verdade quer Washington de Pyongyang?

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Américas
    URL curta
    9317

    O secretário de Estado dos EUA Rex Tillerson anunciou que os EUA estão realizando uma campanha de "pressão pacífica" em relação à Coreia do Norte, mas se ela não for bem-sucedida, o número de boas soluções vai se reduzir.

    "O conceito que nós utilizamos, e que identifico como 'uma campanha de pressão pacífica', ele é caracterizado de outro modo por muitas pessoas, mas esta campanha é realizada para nos levar a uma resolução pacífica do conflito. Porque se o conceito fracassar, vamos ficar sem boas alternativas", acrescentou Tillerson.

    Ele acrescentou que os EUA "pedem que a Coreia do Norte se prontifique para negociar" compreendendo que as negociações serão para os ajudar a suspender o programa nuclear.

    "É o que vamos discutir. Não estamos interessados em discutir como é possível fazer a Coreia do Norte parar na situação onde está. Porque a situação em que hoje a Coreia do Norte está é inaceitável", acrescentou o secretário de Estado dos EUA.

    Na terça-feira, Pyongyang afirmou ter lançado com sucesso seu primeiro míssil balístico intercontinental, o Hwasong-14, que é capaz de transportar uma "grande e pesada ogiva nuclear".

    Mais:

    EUA percebem que guerra com Coreia do Norte é um passo para guerra mundial
    EUA fazem de tudo para conter Coreia do Norte e podem partilhar dados secretos com Rússia
    Tags:
    programa nuclear brasileiro, defesa, tensão militar, negociações, Rex Tillerson, Coreia do Norte, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar