00:44 14 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    48159
    Nos siga no

    Na terça-feira à noite um grupo de forças especiais da Venezuela capturou um helicóptero militar e disparou contra os edifícios do Ministério do Interior e da Suprema Corte do país, declarando lutar contra o regime de Nicolás Maduro.

    As autoridades do país consideram isso como um atentado e começaram a procurar os suspeitos. As ações dos conjurados foram bem coordenadas. Ao mesmo tempo que o ataque era desencadeado, na Internet surgiu um vídeo com um apelo do oficial Oscar Perez, que liderou o grupo. Ele explicou seus fins.

    "Exigimos a sua demissão imediata, presidente Nicolás Maduro Moros, com seus ministros e uma realização imediata de eleições", disse Perez.

    O ministro da Comunicação e Informação da Venezuela, Ernesto Villegas, afirmou que o helicóptero foi furtado da base militar de La Carlota, em Caracas, e pertence ao Corpo das Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas do país (CICPC). Ele também disse que foi aberta uma investigação sobre as ligações de Perez com a CIA (Agência Central de Inteligência dos EUA) e com a embaixada norte-americana na Venezuela. Além disso, estão decorrendo investigações sobre as ligações de Perez com um ex-ministro do Interior do país, que tem repetidamente confirmado seu contatos com a CIA.

    Trata-se do ex-ministro  Miguel Rodríguez Torres, que por seu lado já afirmou que as autoridades se enganam e que ele nunca trabalhou com Perez.

    Ernesto Villegas destacou que os ataques realizados não vão afetar os planos de convocar a Assembleia Constituinte, que vai introduzir mudanças na Constituição do país.

    "Nenhum desses ataques irá ser um obstáculo para a Assembleia Constituinte e para o processo das eleições em 30 de julho", disse ele.

    A ideia de convocar uma Assembleia Constituinte provoca indignação da oposição da Venezuela, que considera que a convocação deve ser feita através de um referendo popular. Ao mesmo tempo, as autoridades do país prometem submeter as mudanças da Constituição a um referendo nacional.

    Mais:

    Rússia começará a exportar trigo para a Venezuela em agosto
    Maduro pede que EUA 'não metam o nariz' nos assuntos da Venezuela
    Ministério Público da Venezuela pede anulação dos decretos de Maduro sobre Constituinte
    Tags:
    helicóptero, CIA, Nicolás Maduro, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar