15:45 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Serviço de emergência se posiciona fora do Manchester Arena após relatos de uma explosão no local durante um Ariana Grande na cidade.

    Colunista do canal de TV americano CBS zomba de vítimas em Manchester

    © AP Photo/ Peter Byrne
    Américas
    URL curta
    Atentado em Manchester (20)
    10159845

    Menos de meia hora depois da explosão no Manchester Arena que deixou pelo menos 19 vítimas fatais, o colaborador da rede de TV americana CBS, David Leavitt, decidiu "brincar" com o assunto em seu perfil no Twitter.

    Várias vítimas fatais confirmadas na Arena de Manchester. Da última vez que ouvi Ariana Grande eu quase morri também.
    Várias vítimas fatais confirmadas na Arena de Manchester. Da última vez que ouvi Ariana Grande eu quase morri também.

    Leavitt descreve-se como um colaborador freelancer para a CBS, AXS, Yahoo!, The Washington Examiner e outras publicações. Ele escreve principalmente sobre jogos, tecnologia, moda e viagens.

    Após a repercussão negativa dos tweets, o jornalista voltou à rede social para se desculpar. Leavitt disse que não "percebeu a magnitude da tragédia" e que "sempre faz piadas estúpidas sobre assuntos aleatórios", finalizando a mensagem expressando condolências às famílias.

    Os tweets considerados ofensivos, porém, não foram apagados da conta do colunista. A explosão em Manchester deixou 19 mortos e pelo menos 50 feridos. A polícia trabalha com a hipótese de terrorismo.

    Sério mesmo, por cerca de um ano eu pensei que Ariana Grande era algo que você pedia no Starbucks.
    Sério mesmo, por cerca de um ano eu pensei que Ariana Grande era algo que você pedia no Starbucks.

    Twitter

    Siga Sputnik Brasil no Twitter e fique por dentro das notícias mundiais do momento.

    Tema:
    Atentado em Manchester (20)

    Mais:

    Explosões e mortes são registradas em show de Ariana Grande em Manchester (VÍDEOS)
    Tags:
    AXS, The Washington Examiner, CBS, Yahoo, Twitter, David Leavitt, Manchester, Estados Unidos, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik