22:01 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1103
    Nos siga no

    "As crianças têm o direito de expressar suas opiniões sobre qualquer assunto que as afete", diz a Convenção sobre os Direitos da Criança, adotada por todos os países da ONU, exceto pelos EUA. E foi lá que uma menina exerceu plenamente esse direito quando repreendeu Donald Trump na frente das câmeras... mas era um imitador do presidente americano.

    "Você é uma vergonha para o mundo", disse a garota não identificada ao imitador profissional de Trump, Anthony Atamanuik, enquanto se preparava para abraçá-la.

    A menina pode não ter notado que não se tratava do verdadeiro presidente americano, mas sua reação afiada causou riso entre os transeuntes e movimentou as redes sociais.

    "Eu vi como ela formulou [a frase] em sua mente bem na minha frente", comentou o comediante no Twitter, também chamando a garota de "corajosa, engraçada e inteligente". Enquanto isso, vários internautas elogiaram a ação da garota com frases como "ela me deixa orgulhosa de ser americana" ou "essa garota é minha nova heroína".

     

    Mais:

    Trump está decepcionado com o sucessor do conselheiro Flynn
    Congressistas mantêm 'conversas secretas' para tirar Trump da Casa Branca
    Lavrov: Moscou prefere as declarações de Trump
    Canais dos EUA se recusam a exibir vídeo de propaganda dos 100 dias de Trump no poder
    Hillary Clinton está construindo 'grupo político' para contrariar planos de Trump
    Tags:
    Convenção sobre os Direitos da Criança, Organização das Nações Unidas, Twitter, Anthony Atamanuik, Donald Trump, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar