18:49 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    O presidente eleito dos EUA, Donald Trump (foto de arquivo)

    Trump irá se encontrar com o Papa Francisco no dia 24 de maio, diz a Casa Branca

    © Sputnik/ Aleksei Filippov
    Américas
    URL curta
    0 21602

    O presidente dos Estados Unidos Donald Trump terá um encontro com o Papa Francisco no Vaticano no próximo dia 24 de maio, informou nesta quinta-feira à Agência Reuters um alto funcionário da Casa Branca.

    Trump fará uma parada em Roma antes de ir para Bruxelas, onde participará um encontro da OTAN no dia 25. Entre os dias 26 de 27 de maio, o presidente norte-americano segue para a Sicília, onde acontece a cúpula econômica do G7.

    Essa será a primeira viagem internacional de Trump desde que assumiu a presidência dos Estados Unidos. Ela ainda inclui passagens por Israel e pela Arábia Saudita, dois aliados históricos de Washington.

    Em passagens pela Itália, antecessores de Trump consideraram o encontro com o papa sempre uma prioridade. Entretanto, um encontro entre o atual presidente e o Papa Francisco pode mostrar-se um tanto quanto tenso.

    Meses antes da eleição de Trump, o papa criticou a ideia de se construir um muro na fronteira entre México e Estados Unidos. “Uma pessoa que pensa apenas em construir muros, onde quer que seja, e não [queira] construir pontes, não é um cristão”, disse o pontífice.

    À época, Trump considerou a opinião do papa “vergonhosa”, garantindo ser ele “um cristão muito bom”.

    Outras possíveis tensões

    As visitas a Israel e aos sauditas também prometem ser agitadas. A luta contra o Daesh e a busca pela paz no Oriente Médio têm sido protagonistas na política externa da Casa Branca durante a gestão Trump.

    Com a Arábia Saudita, o presidente já declarou que o país “gasta muito dinheiro para defender o reino”.

    No caso israelense, Trump gerou polêmica ao falar em transferir a embaixada no país para Jerusalém, mas um encontro com o presidente palestino Mahmoud Abbas nesta semana colocou panos quentes nas tensões, embora o presidente não tenha dito como a prometida paz na região será alcançada.

    Mais:

    Conseguirá Trump forçar Coreia do Sul a pagar pelo THAAD?
    Abbas demonstra otimismo para conflito entre Israel e Palestina após reunião com Trump
    Ligações Perigosas: genro de Trump é parceiro de negócios de Soros
    Tags:
    terrorismo, Casa Branca, política, OTAN, G7, Donald Trump, Papa Francisco, Vaticano, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik