12:13 23 Janeiro 2018
Ouvir Rádio
    Senado dos EUA

    Sem apoio do próprio partido, Trump sugere mudar regras de votação do Senado dos EUA

    © AP Photo/ Chairman of the Joint Chiefs
    Américas
    URL curta
    312

    O presidente Donald Trump afirmou na terça-feira que os republicanos no Senado dos EUA devem mudar as regras para votar no corpo legislativo para uma maioria de 51 votos ao invés dos atuais 60 votos.

    Ao contrário do Senado, a Câmara dos Deputados tem uma regra de maioria simples de 51% para aprovar legislação. Como a legislação exige que 60 dos 100 senadores concordem em colocar um projeto de lei em pauta para votação, os senadores costumam negociar compromissos para garantir que as contas terão apoio suficiente.

    A razão para o plano negociado entre os republicanos e democratas é que precisamos 60 votos no Senado que não estão lá! Ou escolhemos mais senadores republicanos em 2018 ou mudamos as regras agora para 51%. Nosso país precisa de um bom "fechamento" em setembro para corrigir confusão!

    ​A nomeação pelo presidente dos EUA também estava sujeita às mesmas exigências até 2013, quando o então líder da maioria do Senado, Harry Reid, respondeu à obstrução republicana dos candidatos ao ex-presidente Barack Obama invocando a chamada "opção nuclear" para eliminar a exigência de 60 votos, exceto para os candidatos da Suprema Corte dos EUA.

    O atual líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, eliminou essa exceção este ano para confirmar o juiz Neil Gorsuch ao Supremo Tribunal dos EUA depois de democratas bloquearem a nomeação.

    Senadores democratas e alguns republicanos disseram que iriam se opor à proposta, visto que ela pode restringir o debate e diminuir o papel tradicional do Senado de retardar a legislação.

    No mês passado, um grupo de 61 senadores enviou uma carta a McConnell e ao líder da minoria Chuck Schumer dizendo que se oporia a qualquer tentativa de alterar as regras do Senado para eliminar o limite de 60 votos

    Mais:

    Trump amarga derrota: 'Obamacare explodirá'
    Congressista americano: O muro na fronteira entre EUA e México não será mais construído
    Tags:
    Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Suprema Corte dos EUA, Senado dos EUA, Partido Democrata, Partido Republicano, Mitch McConnell, Chuck Schumer, Donald Trump, Harry Reid, Barack Obama, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik