00:15 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Um marco entre a fronteira dos EUA-México é visto da reserva de Tohono O'odham que atravessa o México em Chukut Kuk e o Arizona.

    A controversa ideia de um senador americano para financiar muro de Trump

    © REUTERS/ Rick Wilking
    Américas
    URL curta
    338701

    O senador Ted Cruz disse que apreender os ativos do líder do cartel mexicano, Joaquín Guzmán, mais conhecido como El Chapo, pode fornecer financiamento suficiente para construir o muro do presidente Donald Trump na fronteira EUA-México.

    "O primeiro passo é condená-lo [Guzmán]", disse Cruz à Fox News."Uma vez que ele seja condenado, o governo [dos EUA] buscará o confusci de seus US $ 14 bilhões".

    Ele citou estimativas de custo de US $ 14-20 bilhões para construir o muro de 2000 milhas de comprimento.

    No início desta semana, Cruz apresentou um projeto de lei que reservaria bens apreendidos de Guzman e de qualquer outro traficante de drogas mexicano condenado nos Estados Unidos para a construção do muro.

    Guzman está atualmente em uma prisão de Nova Iorque aguardando julgamento após sua extradição em janeiro para os Estados Unidos.

    "As pessoas que estão violando a fronteira como loucos, devemos usar seus ganhos mal adquiridos para construir o muro", Cruz afirmou.

    Além do tráfico de drogas, os cartéis de drogas mexicanos teriam expandido para o tráfico de pessoas e contrabando de migrantes em ambos os lados da fronteira EUA-México.

    Tags:
    FOX News, Joaquín Guzmán, El Chapo, Estados Unidos, México
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik