04:53 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Pin com retrato dos presidentes da Síria, Bashar Assad, e da Rússia, Vladimir Putin

    'EUA continuarão pressionando a Rússia e o Irã para levarem Assad à Justiça'

    © Sputnik/ Ramil Sitdikov
    Américas
    URL curta
    28524

    A embaixadora dos EUA nas Nações Unidas Nikki Haley afirmou que Washington precisa começar a pressionar a Rússia e o Irã para que eles influenciem o governo sírio.

    Os Estados Unidos continuarão trabalhando com a Rússia e o Irã para fazer com que eles influenciem o governo sírio, disse a embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley.

    "Precisamos começar a pressionar a Rússia e o Irã… Nosso objetivo é trazer [o presidente sírio] Assad à justiça… vamos continuar a deixar a Rússia saber o quão perigoso é manter Assad no poder", disse Haley à emissora ABC.

    Na quinta-feira, a embaixadora afirmou que os Estados Unidos "não podem necessariamente se concentrar em Assad da forma como o governo anterior fez", acrescentando que a prioridade de Washington era agora fazer as coisas na Síria.

    O destino de Assad tem sido um obstáculo nas negociações de paz da Síria há muito tempo, com o governo de Barack Obama e seus aliados insistindo que ele deve renunciar, e a Rússia dizendo que o povo da Síria é quem deve decidir sobre o futuro de Assad.

    Mais:

    Oposição síria exige renúncia de Assad e o responsabiliza 'pela morte de 2 mil pessoas'
    Assad: 'Americanos serão bem vindos, desde que respeitem a soberania da Síria'
    Assad: 'Deixe-me ser franco, não houve nenhuma operação dos EUA contra os terroristas'
    Tags:
    ABC, ONU, Nikki Haley, Bashar Assad, Barack Obama, Estados Unidos, Irã, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik